Logotipo da Dorinateca - Link para Home
Aumentar a fonte Diminuir a Fonte
Muda contraste.



Cadastrar-se | Esqueci a senha
ACERVO - INFORMAÇÕES DO LIVRO
SEJAMOS TODOS FEMINISTAS
Autor: ADICHIE, CHIMAMANDA NGOZI
Editora: Companhia das letras
Categorias: Sociologia
Palavras-chave:
Nª de Páginas: 63 - Data: 2015 - Local: São Paulo

Sumário: Chimamanda Ngozi Adichie ainda se lembra exatamente do dia em que a chamaram de feminista pela primeira vez. Foi durante uma discussão com seu amigo de infância Okoloma. "Não era um elogio. ‘Percebi pelo tom da voz dele; era como se dissesse: Você apoia o terrorismo!’." Apesar do tom de desaprovação de Okoloma, Adichie abraçou o termo e - em resposta àqueles que lhe diziam que feministas são infelizes porque nunca se casaram, que são "antiafricanas" e que odeiam homens e maquiagem - começou a se intitular uma "feminista feliz e africana que não odeia homens, e que gosta de usar batom e salto alto para si mesma, e não para os homens". Neste ensaio preciso e revelador, Adichie parte de sua experiência pessoal de mulher e nigeriana para mostrar que muito ainda precisa ser feito até que alcancemos a igualdade de gênero. Segundo ela, tal igualdade diz respeito a todos, homens e mulheres, pois será libertadora para todos: meninas poderão assumir sua identidade, ignorando a expectativa alheia, mas também os meninos poderão crescer livres, sem ter que se enquadrar em estereótipos de masculinidade.
Criado e desenvolvido por Eduardo Perez e Pedro Milliet, Results Ltda. © Fundação Dorina Nowill para Cegos. 2015 - 2018 ||| Logotipo do DAISYLATINO.